Hacking / Security

hacking-and-you-various-shades-hackersHackers são indivíduos que elaboram e modificam software e hardware de computadores, seja desenvolvendo funcionalidades novas ou adaptando as antigas.

Originário do inglês, o termo hacker é utilizado no português concomitantemente com a forma traduzida, decifrador.

Os Hackers utilizam todo o seu talento e conhecimento para melhorar softwares de forma legal.

A verdadeira expressão para invasores de computadores é denominada cracker e o termo designa programadores maliciosos, ciberpiratas e scripkiddies que agem com o intuito de violar ilegal ou imoralmente sistemas cibernéticos.

Ética hacker

É uma nova ética surgida nas comunidades virtuais e tem como principal criador o finlandês Pekka Himanen. A ética hacker consiste basicamente em:
1. Acreditar que o compartilhamento de informações beneficia a sociedade como um todo. Portanto os hackers compartilham suas experiências e programam software livre, facilitando o acesso à informacão e os recursos disponíveis para computadores. A máxima hacker é “A informação quer ser livre”.  “A verdadeira riqueza é a informação e o dom principal é saber como utilizá-la.”  Pensamento de Buckminster Fuller.
2. Acreditar que penetrar em sistemas por diversão e exploração é eticamente aceitável , desde que não se cometa roubo, vandalismo ou quebre a confidencialidade. (Esse princípio não é unânime, alguns consideram a simples invasão uma ação não ética.)
Um hacker não é (como se acredita comumente) um delinquente, vândalo ou um pirata da informática com grandes conhecimentos técnicos (este é o cracker), mas sim todo aquele que trabalha com grande paixão e entusiasmo pelo que faz.  O “hacker ético”, é aquele que ajuda as corporações a verificar se seus sistemas de informação e suas as redes são efetivamente seguros.

Preceitos Hacker

O acesso a computadores – e qualquer outro meio que seja capaz de ensinar algo sobre como o mundo funciona – devehacking-myspace-735x400 ser ilimitado e total. Toda a informação deve ser livre.

Hackers devem ser julgados segundo seu hacking, e não segundo critérios sujeitos a vieses tais como graus acadêmicos, raça, cor, religião ou posição.

Você pode criar arte e beleza no computador. O hacker tem por função desenvolver projetos de informática e tecnologia. Assim, não deve ser chamado de criminoso porque ele desenvolve, cria e distribui conhecimento.

Ele tem ética, tem conhecimento e vontade de aprender mais. A decisão sobre o uso do conhecimento é da inteira responsabilidade daquele que o usa.

Aprenda segurança da informação e se prepare para defender-se de invasões cibernéticasAprenda técnicas avançadas em segurança da informaçãoAprenda técnicas avançadas de hacking com este livro proibido Aprenda a programar em PHP de forma segura

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s