Sabedoria

esfinge-gregaBem aventurado é aquele que para alcançar a virtude, não troca prazeres por outros, não troca tristreza ou temores por temores de outra espécie, mas sim sabe que só há uma moeda existente no universo pela qual tudo isso deva ser trocado: a sabedoria.

E só por troca com ela ou com ela mesma, é que em verdade se compra ou se vende tudo isso: coragem, temperança e justiça, numa palavra, a verdadeira virtude, a par da sabedoria, pouco importando que se lhe associem ou dela se afastem prazeres ou temores e tudo o mais da mesma natureza.

Separadas da sabedoria e permutadas entre si, todas elas não são mais do que sombra da virtude, servis em toda a linha e sem nada possuírem de verdadeiro nem são.

A verdade em si consiste, precisamente, na purificação de tudo isso, não passando a temperança, a justiça, a coragem e a própria sabedoria de uma espécie de purificação.

Porque, como dizem os que tratam dos mistérios: muitos são os portadores de tirso, porém pouquíssimos os verdadeiros inspirados.

Que o conhecimento adquirido não seja nunca esquecido.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s