Cosmogênese – O Despertar dos Cosmos

macrocosmoA natureza não é uma aglomeração fortuita de átomos ou elementos químicos como quer a ciência.

É preciso começar a perceber o fato de que a ciência atual tem a inegável predileção de apresentar ao público, como fatos comprovados, simples hipóteses, baseadas em ideias e conclusões pessoais.

Em lugar de conhecimentos, oferece suposições, sob o título de “conclusões científicas“.

Fora de um contexto holístico, a utilização de todos esses meios, para se chegar aos fins almejados, soa como não-científico. Mas, dentro de uma era que está se caracterizando como holística e universal, é perfeitamente normal e desejável a união dos métodos científicos convencionais com os métodos da ciência oculta ou tradicional.

A propósito, é oportuno citar Montaigne: “Dá prova de tola presunção aquele que despreza e condena como falso aquilo que aos seus olhos não se apresenta desde o início como verossímil ou verdadeiro. É o erro habitual de todos aqueles que estão persuadidos a serem mais perspicazes do que o comum das pessoas”.

No caso da Cosmogênese e da Antropogênese, é preciso compreender, inicialmente, que há uma Hierarquia que guia e modela a evolução ou a Creação. Também é necessário conhecer e compreender o significado das Leis Cósmicas que criam e organizam a vida, os mundos, as espécies, sem as quais não seria possível nem a existência nem a continuidade de formas de vida no mundo, nas galáxias e nos universos – conhecidos e ainda por conhecer.

Para estudar e compreender o universo, a vida, enfim, o Macrocosmo, é preciso, primeiro, estudar e compreender o homem, o Microcosmo. Assunto que abordaremos mais a frente quando examinaremos sob outros aspectos e pontos de vista, como, por exemplo, o lugar que ocupa o homem na escala cósmica.

Aqui veremos as primeiras ideias e concepções sobre o Grande Universo – o Macrocosmo. Para tanto, vamos colocar, em forma esquemática, como se processa a evolução das Ondas de Vida proveniente do Logos (Deus). Antes disso, porém, é preciso apresentar alguns aspectos fundamentais sobre o cenário macrocósmico, no qual se processa a vida.

É um tema difícil, porém, necessário e, até mesmo, indispensável para melhor se compreender muitos outros assuntos relacionados. Afinal, existe uma Lei de Evolução e uma Lei de Involução. Porém, a mais importante delas é a Lei da Revolução da Consciência.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s